Desenvolvimento e Produção Pecuária

Acesso para Clientes


  • https://transgen.com.br/wp-content/uploads/2013/02/slide-recem-nascida.jpg
  • https://transgen.com.br/wp-content/uploads/2013/02/slide-bezerras-2013a.jpg
  • https://transgen.com.br/wp-content/uploads/2013/02/slide-receptoras.jpg
  • https://transgen.com.br/wp-content/uploads/2013/02/slide-bezerras-2013b.jpg
  • https://transgen.com.br/wp-content/uploads/2013/02/slide-fazenda.jpg
  • https://transgen.com.br/wp-content/uploads/2013/02/slide-bezerras-2013c.jpg
https://transgen.com.br/wp-content/themes/flare/images/shadow-1.png

Novidades

Dafine, mais um produto premiado!

Aos 9 meses de idade, em maio passado, a bezerra Dafine ganhou 1º lugar na categoria fêmea mirim e foi a campeã fêmea jovem, 1/2 sangue, em sua primeira exposição, um evento do Ranking Girolando, durante a 13ª Intercalu, em Uberlândia, MG.

Veja mais

Produtos à venda

  • https://transgen.com.br/wp-content/uploads/2013/02/g2012-girolando-050-rec-462x260.jpg

    Prenhezes Girolando ½ Sangue

    O desempenho das fêmeas leiteiras é fortemente influenciado pela nutrição em seus primeiros meses de vida. Por isso, é importante a habilidade materna das receptoras, amamentam, a pasto, com abundância.

  • https://transgen.com.br/wp-content/uploads/2013/02/g2012-girolando-050-desm-462x260.jpg

    Bezerras Girolando ½ Sangue IMAGENS ATUALIZADAS

    A genética de nossas bezerras Girolando ½ Sangue é uma combinação equilibrada da máxima produção de leite do gado Holandês com a insuperável rusticidade do Gir Leiteiro, capaz de manter a lactação sob sol e calor extremos.

Doadoras Gir e Touros Holandeses Selecionados

A genética de nossas bezerras Girolando ½ Sangue é uma combinação equilibrada da máxima produção de leite do gado Holandês com a insuperável rusticidade do Gir Leiteiro, capaz de manter a lactação sob sol e calor extremos.

A vida das bezerras começa com a fecundação in vitro (FIV), quando juntamos aos oócitos de fêmeas da raça Gir o sêmen de touros Holandeses.

A qualidade da genética Gir, além da rusticidade, traz em seu DNA docilidade, fertilidade e elevada capacidade de produção de leite a campo.

Os genes dos touros selecionados nos Estados Unidos e Canadá imprimem nas nossas bezerras o que existe de mais moderno na seleção de gado Holandês mundial: aprumos bem fundamentados, longevidade e um leite rico em proteínas e gordura.

Bezerras Recém-nascidas

Receptora parida

As bezerras já nascidas, acompanhadas das receptoras de embrião, são uma boa opção para quem prefere evitar o manejo da gestação das receptoras, os partos e os cuidados com os recém-nascidos.

Depois do parto, a receptora pode ser vendida para corte, com peso aproximado de 15 @ de carcaça, ou pode ser usada novamente na reprodução, inclusive gerando outro embrião.

Bezerras Desmamadas

Bezerra desmamada

As bezerras desmamadas, com no mínimo 4 meses de idade, são capazes de ingerir até 2 kg de ração e feno ou pasto e são manejadas intensamente para que fiquem mansas.

O peso das bezerras, em nosso sistema de cria, aos 4 meses, tem se mantido entre 120 e 140 kg.

Receptoras Prenhes

Receptoras prenhes

O desempenho das fêmeas leiteiras é fortemente influenciado pela nutrição em seus primeiros meses de vida. Por isso, é importante a habilidade materna das receptoras, amamentam, a pasto, com abundância.

Nossas receptoras são animais de corte, cruzamento industrial, com capacidade de gerar, parir e amamentar produtos de alta performance.

A compra de receptoras permite a escolha de doadoras e touros, para a produção por encomenda.